Como diferenciar uma lebre de um coelho doméstico?

Diferenças entre um coelho e uma lebre

Lebres e coelhos são muito parecidos e muitos os confundem. Ambos fazem parte da mesma família (Leporidae), mas são espécies diferentes, como, por exemplo, cabras e ovelhas. Aqui estão algumas comparações:

As lebres são maiores que os coelhos: para distinguir uma espécie da outra, é essencial observar várias características físicas essenciais. Por exemplo, lebres são maiores que coelhos, com orelhas e membros maiores, especialmente as patas traseiras, que são muito fortes. Elas também são geralmente na cor marrom ou cinza escuro.

Seu desenvolvimento: os filhotes das lebres nascem mais desenvolvidos do que os dos coelhos, já que já nascem com pêlos, os olhos abertos e são capazes de caminhar alguns minutos após o nascimento. No entanto, láparos, ou coelhos bebês nascem completamente sem pêlos, com os olhos fechados e são absolutamente incapazes de andar.

Os coelhos se escondem, as lebres fogem: nos hábitos de vida entre as duas espécies também existem diferenças. Os coelhos são famosos pelos túneis que cavam, onde constroem tocas confortáveis que servem de refúgio para os ninhos. Enquanto as lebres só fazem pequenos montes de terra sem dedicar muito tempo à sua elaboração, onde descansam ou têm seus filhotes. Isso influencia a estratégia de fuga dos predadores, já que os coelhos se escondem em seus buracos, enquanto as lebres confiam mais na sua velocidade.

Esquerda: coelho doméstico,   Direita: Lebre (Imagem: Pequeñas Patitas)
Esquerda: coelho doméstico, Direita: Lebre (Imagem: Pequeñas Patitas)


As lebres são mais solitárias que os coelhos: as lebres tendem a ser animais mais solitários que os coelhos, que geralmente vivem formando colônias de tamanhos diferentes, um macho dominante briga com os outros para manter sua colônia. Nas lebres, as brigas so raras, pois só se encontram em pares para acasalar. 

Outra diferença está em sua reprodução: o ritual de acasalamento de lebres é bastante curioso: a fêmea faz o macho persegui-la por vários quilômetros, provando ser um bom candidato a ser pai; Se ele conseguir, ela irá acasalar com ele. No entanto, se ela não estiver preparada para acasalar-se com um macho que a persegue, ela pode se levantar, apoiando-se nos membros posteriores e acertá-lo com suas patas dianteiras.