Comportamento

Não há nada mais bonito e gratificante na vida do que ver seu coelho feliz. Quem tem um em casa sabe do que estamos falando.

Os coelhos têm grandes personalidades e, como gato ou cachorro, podem dar-lhe muito amor e felicidade. Cada um é diferente e com a sua magia, são animais muito curiosos, sociáveis, inteligentes, brincalhões, leais e afetuosos. Lembre-se de que sua felicidade depende inteiramente de você, pois você é responsável por seus cuidados.

Viver com um coelho requer conhecimento sobre seu comportamento para detectar quando seu pequeno está feliz, entediado ou doente e, portanto, precisa de sua ajuda. É importante saber que os coelhos são presas por natureza, por isso tendem a esconder os sintomas de doenças para se proteger dos predadores e só mostrar quando estão realmente gravemente doentes. É de grande importância que você aprenda a conhecer o comportamento do seu pequeno orelhudo, observe-o todos os dias, para ajudá-lo a identificar quando algo não está certo e lhe dará a margem para agir pontualmente e levá-lo a um veterinário especializado em silvestres e exóticos, se for necessário. 

Aqui está uma lista dos comportamentos mais comuns que você verá em um coelho doméstico.

  • Pule, vire, deite-se: um sinal de pura alegria e felicidade. Essa "dança" inclui pular e / ou girar no ar, correr por aí, etc. Quando um coelho cai de lado, como se estivesse morto, é um sinal de confiança e indica que está feliz ao seu lado, você está indo muito bem.
  • Esfregue o queixo: as glândulas de odor dos coelhos estão no queixo; por esse motivo, esfregam em diferentes locais ou objetos como um sinal de propriedade, deixando seu cheiro nelas. Com esse comportamento, ele ensina "isso é meu" e também define seu território. O cheiro é imperceptível para os seres humanos.
  • Bater com as patas traseiras: É um indicador de que o coelho está com raiva ou com medo, pois percebe algum perigo ao seu redor.
  • Ranger dos dentes: se o som dos dentes cerrados for suave, isso indica que ele está muito confortável e feliz; esse som é perceptível quando você acaricia um coelho e ele gosta. Quando o som dos dentes é forte, é um indicador de dor e eles o fazem quando estão doentes, você deve aprender a reconhecê-los.
  • Correr ao seu redor em círculos: indica comportamento sexual e ocorre quando o coelho já está maduro sexualmente, independentemente de ser fêmea ou macho. É normal, não entre em pânico, mas é bom começar a pensar em sua castração e / ou esterilização.
  • Spray de urina: é um comportamento associado à marcação de território e é comum à partir da maturidade sexual. Os machos não castrados tendem a marcar as fêmeas e seu território dessa maneira. As fêmeas não esterilizadas também podem fazê-lo. Se seu coelho joga urina contra você ou suas paredes, é hora de esterilizar e / ou castrá-lo.
  • Brincar: Os coelhos são muito engraçados e, se forem bem estimulados, podem ser realmente felizes e sabem como provar isso. Eles gostam de empurrar ou atirar objetos, brincar com cobertores, brincar de "pega pega", pular no sofá e olhar de cima, eles têm muita energia. Os coelhos adoram brinquedos e podem passar muito tempo brincando com eles. Certifique-se de ter brinquedos adequados para eles e evitará que fiquem em perigo.
  • Excrementos territoriais: são bolinhas que não estão em um só lugar (o banheiro), mas você pode encontrá-las espalhadas. É um sinal de marcação de território e os coelhos geralmente o fazem quando conhecem um ambiente desconhecido ou quando um novo coelho chega em casa.
  • Não toque nas minhas coisas, humano: alguns coelhos não gostam quando você limpa seu espaço, ou seja, o cercado, o banheirinho ou o local habilitado para eles. Quando ele vê você, eles geralmente rosnam, atacam e até mordem como um sinal de aborrecimento. Eles são animais de costumes claros e, embora você gaste horas arrumando tudo, eles reorganizarão tudo ao seu gosto.
  • Gravidez psicológica: Apesar de não estar grávida, às vezes as fêmeas não esterilizadas podem construir um ninho e arrancar os pêlos do peito e do estômago. Elas podem até parar de comer como de costume no dia anterior ao parto. Esse comportamento termina quando são esterilizadas e deixam de ser submetidas ao estresse dos hormônios.
  • Ele lambe e / ou beija: Um coelho quando se sente confiante e considera que você faz parte do grupo dele demonstra isso dando-lhe muitos beijos adoráveis, o famoso lambeijo! É assim que eles demonstram seu amor por você. Se o seu coelho te beija, você tem sorte!
  • Ele não quer comer, fica desconfortável e desanimado: estes são sinais claros de que um coelho está doente, portanto, você deve agir rapidamente e visitar o seu veterinário. Se você não reagir a tempo, o coelho pode morrer. Recomendamos que, ao observar esse tipo de comportamento, você ofereça um petisco ao seu coelho; se ele não o desejar, comece a observar outros sinais de desconforto, como: ficar parado, quieto, se esconder. Fique atento às bolinhas, os coelhos não podem parar de defecar, um coelho não pode passar muitas horas sem se alimentar e sem ir ao banheiro, pois seu sistema digestivo funciona por impulso, Se ele não faz suas bolinhas há mais 10 horas corra imediatamente ao veterinário. O tempo é precioso quando se fala na saúde dos coelhos, pois, por serem animais com um metabolismo rápido, cada minuto pode ser fatal.