A Bunny Lovers Brasil faz parte do grupo Bunny Lovers LATAM e nascemos a partir da Fundação Bunny Lovers (clique aqui), sediada em Santiago do Chile! 


Somos uma organização sem fins lucrativos que procura educar e promover a guarda responsável de coelhos domésticos no país.

Nosso objetivo é alcançar aqueles que já possuem um desses animais como parte de suas vidas, mas também aproximá-los daqueles que estão avaliando a possibilidade de adicionar um coelho à família e ao lar.

Procuramos formar uma grande comunidade, sendo um apoio concreto e constante para aqueles que desejam aprender mais sobre eles, sob o apoio e aconselhamento de veterinários especializados em animais exóticos, como coelhos. 

Esses pequenos animais possuem direitos individuais que merecem ser respeitados, além de serem reconhecidos como excelentes parceiros de vida, assim como os animais mais tradicionais.


Nossa missão

Conscientizar a sociedade sobre a proteção e cuidados especiais que os coelhos demandam como animais de estimação. Ao mesmo, queremos ajudar aos coelhos vítimas de maus-tratos e/ou abandono, tomando em nossas mãos a tarefa de cuidar e buscar uma nova família para eles.

Nossa Visão

Fazer com que todos os coelhos sejam valorizados como seres vivos, independentemente da pureza de sua raça, seu temperamento, sua saúde ou a relação que tenham com os humanos.

Que cada coelho doméstico que existe no país tenha uma família que lhe dê cuidados e o amor que merecem, e também ser o melhor guia educativo para todos que tem a esta espécie como animal de companhia.


Nossa Filosofia

Bunny Lovers crê que TODOS os coelhos são valiosos como indivíduos, independentemente da pureza da raça, do temperamento, do estado de saúde ou relacionamento com os seres humanos. O bem-estar de todos os coelhos é a nossa principal consideração.

Em consonância com a nossa missão, somos contra a exploração de coelhos.

Os coelhos domésticos não são o produto da seleção natural, mas sim da interferência humana por meio de programas de reprodução, resultando em animais dependentes do ser humano e, portanto, precisam de proteção. Assim, é nossa responsabilidade que estes animais sejam cuidados de forma adequada às suas necessidades.

A melhor qualidade de vida dos coelhos domésticos é conseguida através da castração tanto de machos quanto fêmeas, conforme apropriado; vivendo dentro de casa onde a supervisão e a proteção são fornecidas, e sendo atendidos por veterinários especialistas em animais silvestres e exóticos.

Os coelhos domésticos são animais de companhia e, portanto, devem ter os mesmos direitos individuais, o mesmo nível de cuidado e oportunidade de longevidade, como cães e gatos, que tradicionalmente fazem parte de nossas famílias.

Os Coelhos são animais inteligentes e sociais que requerem estímulo mental, de modo que os brinquedos e o enriquecimento ambiental são fundamentais, o exercício diário e a interação social (seja de pessoas ou de outros coelhos ou animais).

Adote um coelho e dê-lhe uma melhor qualidade de vida!


E LEMBRE-SE SEMPRE DAS CINCO LIBERDADES DO BEM ESTAR ANIMAL, 

QUE VOCÊ DEVE HONRAR:

1. Viver livre de fome e sede.

2. Viver livre de desconforto.

3. Viver livre de dor, doença e injúria.

4. Viver livre de medo e estresse.

5. Ter a liberdade para expressar os comportamentos naturais da espécie.

Cintia Fulador - Gerente Brasil

É arquiteta e descobriu o seu amor pelos coelhos em 2009 com seu primeiro coelho, Duce. Em 2014, diante da falta de informação de qualidade sobre o manejo correto de coelhos de estimação no Brasil, criou a página Coisas de Coelho, com o intuito de traduzir informação de qualidade sobre os cuidados, comportamento e saúde dos orelhudos. Com a experiência adquirida nestes anos e depois de 5 coelhos, continua orientando papais e mamães de primeira viagem, e agora também é uma Bunny Lover.

Corina de Castro Rodarte - Gerente Jurídico

Sempre foi amante de animais, em especial dos coelhos. Ao longo da vida, já cuidou de muitos orelhudos: Príncipe, Princesa, Chiquita I e Chiquita II. Os cuidados com os orelhudos, somado a ajuda de pessoas capacitadas e queridas fizeram com ela aprendesse e se apaixonasse cada vez mais pelo universo dos coelhos. É mãe da Chanel, que divide sua rotina, cuidados e aventuras com suas primas Jolie e Kaká, no perfil @orelhudasrodarte. É advogada e viu crescer a vontade de fazer a diferença em busca de um mundo melhor e principalmente, contribuir para a causa animal, utilizando seus conhecimentos técnicos para ajudar orelhudos e familiares.

Juliana Bueno da Rosa  - Gerente de Administração e Finanças 


É advogada e seu amor pelos orelhudos começou em 2015 quando sua irmã ganhou o pequeno Wayne. Por falta de informações e tempo, não tinha os devidos cuidados e foi quando entrou em cena e adotou o meninão. Em 2016 criou no instagram o perfil @meninobruce para poder mostrar as adaptações ao longo dos anos e ajudar quem precisava de orientações para a adaptação. Hoje, após 4 anos, ela divide o quarto com um terrorista e uma galera orelhuda de pelúcia, ajuda ONGs em pro dos orelhudos e tenta, ao máximo, passar informações sobre os cuidados dos coelhos para tutores iniciantes.

Maria Eduarda Massari - Gerente Coelhos Deficientes


Amante dos animais e, em especial, de coelhos. Foi morar sozinha e decidiu que sua companhia seria uma coelha, a Marreca, que sofreu de uma lesão medular tempos depois. Inconformada com as críticas sobre mantê-la viva, criou o instagram @Mamaquinha, onde fala sobre cuidados específicos e o dia-a-dia da Marreca, para ajudar outros coelhos na mesma situação e mostrar ao mundo que é possível ter uma coelha feliz e saudável, mesmo sendo diferente dos demais.

Julia C. Zecchi - Gerente de Educação 

Louca pelos animais desde criança, em 2010 ganhou o Luppy, onde mudou totalmente sua vida e a fez entender de outro ângulo os orelhudos. Na adolescência começou a se interessar e se dedicar aos cuidados e bem estar animal e hoje dedica além da sua vida pessoal, a profissional (trabalho/estudos) na formação (em andamento) em medicina veterinária. Decidiu criar a página @luppybunny no Instagram e Facebook em 2013 para compartilhar sobre o dia a dia, comportamento, cuidados e mostrar que coelhos também são pets sensacionais e muito carinhosos, pois na época não tinham informações sobre isso em mídias brasileiras. Hoje leva muita informação e diversão para seus seguidores.

Luppy - Embaixador Bunny Lover

Orelhudinho da raça holandês nascido em Setembro de 2010. Famoso por sua carinha e jeitinho de rabugento, mas com um toque de fofura que ninguém resiste. Adora pedir comida e o amor da sua vida é a banana! Esse fofo chegou na casa humana com 45 dias e mudou a vida de todos a sua volta, enchendo tudo com muito amor e objetos roídos.  

Quer ser um voluntário? Escreva para contato@bunnyloversbrasil.com !