Relato de Tutor: Mariana e Flicka

A Flicka entrou na minha vida no dia 28 de Setembro de 2019, eu tinha acabado de perder minha coelhinha, Rafa, que viveu 5 anos comigo e no final de sua vida ficou muito doente, fizemos tudo que podíamos, mas ela não resistiu.

Estava muito triste pela perda, e meus pais me deram a Flicka de presente, não para substituir a Rafa, nada poderia substitui-la, nem o amor que sempre sentirei por ela, mas para trazer mais felicidade para aquele momento de tanta dor. 

A felicidade realmente veio, em forma de uma pequena coelhinha. Foi amor a primeira vista, e seus inúmeros lambeijos e saltinhos pela casa tornaram a dor da perda mais suportável. 

A Flicka é uma coelha muito carinhosa, curiosa e divertida, e a única coisa que ela ama mais do que um colo e carinho na cabeça é brincar com seu (inseparável) túnel e suas bolinhas de tênis, que ela joga longe e sai correndo pela sala toda. 

 Lógico que em sua lista de amores não poderia faltar os petiscos de banana e cenoura que ela adora, um feninho novo no porta feno e sua toquinha, que ela corre pra dentro para descansar sempre depois de brincar muito.

Mês que vem completa 1 ano que ela está comigo, e meu amor por ela é tão grande que mal cabe dentro de mim, eu realmente não sei o que seria da minha vida sem minha Flickinha e seus cutucões com o narizinho na minha perna pedindo carinho.